domingo, janeiro 31, 2010

31 de Janeiro



DESCRIÇÃO O dia, em 1891, da primeira revolta republicana em Portugal. Neste dia, mas em 1542, o espanhol Alvar Nunez Cabeza de Vaca chegou às Cataratas do Iguaçu, na actual fronteira entre o Brasil e a Argentina. Em 1946, a Jugoslávia, com Tito como líder, adoptou uma nova constituição. Nasceram cardeal D. Henrique, Franz Schubert, Philip Glass, Justin Timberlake, Bruno Nogueira. Morreu Fernando Namora. Os Blondie de Debbie Harry chegaram ao nº 1 do top com este The Tide is High.

quarta-feira, janeiro 27, 2010

27 de Janeiro



DESCRIÇÃO O dia em que em 1945 o exército soviético libertou o campo de extermínio de Auschwitz, na Polónia. Neste dia, em 1926, o inventor escocês John Baird fez a primeira demonstração pública de um sistema de televisão. Em 1968, foi lançado este 'Sitting on the dock of the bay'. O tema tinha sido gravado por Otis Redding três dias antes da sua morte, num acidente de aviação.

65 anos depois


Faz 65 anos que Auschwitz foi "aberto" pelos aliados e muita gente conseguiu sobreviver ao terror imposto pelo nazismo.

Ao contrário da maioria das pessoas, incluindo o meu marido, eu não consigo sequer imaginar-me dentro daquele lugar. Sei o que aquelas paredes significam, o que se passou naquele espaço, o sofrimento de todas aquelas pessoas, adultos e crianças e a minha reação imediata é de uma aflição interior que não consigo controlar. Sinto uma claustrofobia tão intensa que chega a doer dentro do peito.

O Holocausto existiu, é uma realidade (embora haja quem, de forma incompreensível, o negue) e é uma prova de como é possível a ausência total de humanidade e de falta de respeito pela vida humana.

A minha homenagem a todos os que sofreram os horrores daqueles anos e a todos os que não sobreviveram.

segunda-feira, janeiro 25, 2010

Lago dos Cisnes

Uma das razões por que tenho este blog é porque precisava de partilhar, em vez de guardar, as coisas maravilhosas que vão parecendo nos emails ou que vou encontrando nos meus "passeios" pela net.

E esta é mais uma dessas maravilhas.


domingo, janeiro 24, 2010

24 de Janeiro



DESCRIÇÃO Começa a corrida ao ouro na Califórnia. A Apple lançou o Macintosh. Marilyn Monroe separou-se de Arthur Miller. Um Boeing 707 da Air India caíu nos Alpes. Shoichi Yokoi foi encontrado na ilha de Guam. A Disney comprou a Pixar. Nasceram o imperador romano Adriano, Edith Wharton e Michel Preud'homme. A orquestra de Benny Goodman gravou "Stompin' at the Savoy".

sábado, janeiro 23, 2010

Bordados de Castelo Branco nos prédios


Mais uma vez, hoje confirmei que o nosso país tem coisas muito bonitas.

Já há muito tempo que não ia a Castelo Branco, ou pelo menos, já há muito tempo que não dava umas voltinhas pela cidade. É uma das cidades do interior que gosto e que me parece ter crescido muito, desde que, em 1989, estive a dar aulas em Idanha-a-Nova.

Desde que andei por Praga, aprendi a olhar para cima, ou seja, a apreciar as casas e a procurar pormenores que, por vezes, nos escapam. Em Praga, a maior parte dos prédios é uma autêntica obra de arte, seja pelas pinturas nas paredes, seja pelos pormenores das varandas, que são sempre diferentes, de andar para andar, num mesmo edifício.

Ora, desta vez fiquei encantada com uns prédios em Castelo Branco, cujas paredes mostram os Bordados de Castelo Branco.
É um dos muitos bairros novos existentes por todo o lado, com muito bom aspecto e, com a particularidade de representarem essa nobre arte da zona, utilizada em colchas, quadros, tapeçarias...
Que bela lembrança e que bem que fica!




Deixo aqui umas fotos que consegui tirar, mas se puderem, não deixem de passar por lá e vejam com os vossos olhos. Tenho a certeza de que irão gostar.



[Avenida de Espanha, "Prédios dos Bordados de Castelo Branco",
Castelo Branco]

23 de Janeiro


sexta-feira, janeiro 22, 2010

Só fala quem passa por elas...



Nem de propósito...

"No Diário de Notícias a 22/01/2010: "Professores dizem que passam quase 15% do tempo de aulas a manter a ordem entre os alunos das suas turmas


Este é o poste que encontrei no PROFESSORES LUSOS e que me faz pensar naquilo que vivo, dariamente, na escola. E, principalmente, recordei um momento de desabafo de uma colega que, hoje, depois de uma aula de Matemática, tentava compreender o que se tinha passado naqueles 90 minutos e ponderava nas estratégias que poderia utilizar para cativar a atenção daqueles miúdos que, muito simplesmente, se estão a borrifar para o que se está a fazer na aula.

******************************************************************************************************************************************************************

22 de Janeiro

quinta-feira, janeiro 21, 2010

Só a educação de qualidade gera emprego e riqueza. A outra é um desperdício



Vale a pena ler


"(...)
A educação só é geradora de riqueza quando é de qualidade. (...)"





21 de Janeiro

quarta-feira, janeiro 20, 2010

Bolero de Ravel

E continuando com a música, encontrei um vídeo dum filme que já tem 30 anos e que adorei ver na época. Já então vibrei com a parte sonora e este bailado no final foi a apoteose completa. Ainda hoje sinto um arrepio quando ponho o som bem alto e vejo o bailado.

Som maravilhoso...

A música faz muito bem ao espírito e música alegre e bonita, que me faz bater o pé e trautear com gosto, é sempre muito bem vinda.
Pena que disto não se veja nas nossas praças...

20 de Janeiro

terça-feira, janeiro 19, 2010

19 de Janeiro

A Língua Portuguesa tem destas coisas


Um texto sem a letra "A". Isto é possível?


É possível, sim...


Sem nenhum tropeço posso escrever o que quiser sem ele, pois rico é o português e fértil em recursos diversos, tudo isso permitindo mesmo o que de início, e somente de início, se pode ter como impossível.
Pode dizer-se tudo,
com sentido completo, como se isso fosse mero ovo de Colombo, desde que se tente. Sem se inibir, pode muito bem o leitor empreender este belo exercício dentro do nosso fecundo e peregrino dizer português, puríssimo instrumento dos nossos melhores escritores e mestres do verso, instrumento que nos legou monumentos dignos de eterno e honroso reconhecimento.
Trechos difíceis resolvem-se com sinónimos.
Observe-se bem: é certo que, em se querendo, esgrime-se sem limites com este divertimento instrutivo.
Brinque-se mesmo com tudo.
É um belíssimo desporto do intelecto, pois escrevemos o que quisermos sem o "E" ou sem o "I" ou sem o "O" e, conforme meu exclusivo desejo, escolherei outro, discorrendo livremente, por exemplo sem o "P", "R" ou "F", o que quiser escolher. Podemos, em corrente estilo, repetir um som sempre ou mesmo escrever sem verbos.
Com o concurso de termos escolhidos, isso pode ir longe, escrevendo-se todo um discurso, um conto ou um livro inteiro sobre o que o leitor melhor preferir.

Porém, mesmo sem o uso pernóstico dos termos difíceis, muito e muito se prossegue do mesmo modo, discorrendo sobre o objeto escolhido, sem impedimentos.

Deploro sempre ver moços deste século inconscientemente esquecerem e oprimirem hoje o nosso português, culto e belo, querendo substituí-lo pelo inglês. Porquê?

Cultivemos o nosso polifónico e fecundo verbo, doce e melodioso, porém incisivo e forte, messe de luminosos estilos, voz de muitos povos, escrínio de belos versos e de imenso porte, ninho de cisnes e de condores. Honremos o que é nosso, oh moços estudiosos, escritores e professores!

Honremos o digníssimo modo de dizer que nos legou um povo humilde, porém viril e cheio de sentimentos estéticos, púgil, de heróis e de nobres descobridores de mundos novos!

(Autor desconhecido)

segunda-feira, janeiro 18, 2010

18 de Janeiro


DESCRIÇÃO Em 1778, James Cook desembarcou no Hawai. Em 1919 começou a conferência de paz de Paris. Em 1934, revolta acesa dos trabalhadores vidreiros da Marinha Grande. Nasceram Charles de Montesquieu, Cary Grant, Maria de Lurdes Pintasilgo, Takeshi Kitano e Philippe Starck. Em 1939, Louis Armstrong e a sua orquestra gravaram Jeepers Creepers.

E... nasci EU!!

18 de Janeiro

E nasci EU!
Como o tempo passa...
Há um ano pulei e dancei, na companhia dos meus amigos e tive um bolo maravilhoso, oferecido por uma amiga. Este ano, se quiser algum, tenho de ir ao Modelo e, só se tiver tempo...
Este ano, o meu almoço foi uma sandocha na sala de professores e a correr porque o tempo, como disse antes, não corre, voa...
É mais um ano, já passei o meio século e, claro, não custa nada. É só mais um!
E como sempre considerei o dia do meu aniversário O MEU DIA, cá está um poste a falar deste grande evento.

domingo, janeiro 17, 2010

17 de Janeiro


sábado, janeiro 16, 2010

16 de Janeiro

The Snowman

Esta história, dividida em três partes, ainda tem um cheirinho a Natal,
mas não há dúvida que sabe muito bem, principalmente
se for vista
numa sala com um ambiente quentinho e, ao lado do computador houver
uma chávena de chá a fumegar, com duas
ou três bolachinhas no pires.
Eu adorei a história e recordei os filmes que se viam antigamente, bem
como as histórias que a minha mãe contava.

É impressionante como
se fazem estas animações tão "doces", ainda
que o final possa ser um pouco melancólico.
No entanto,
nada nos impede de continuar a sonhar e pensar que o menino
vai reconstruir o seu boneco de neve e, todos os anos o seu amigo
voltará.
Porquê ficar apenas pela frustração de que tudo acabou ali no monte de neve?
Haja imaginação...


-1-


-2-

-3-

sexta-feira, janeiro 15, 2010

15 de Janeiro


Uma história por dia

Uma delícia, mas que, felizmente, retrata uma situação que já não existe.

Page d'écriture


Yves Montand - Page D'Écriture

Deux et deux quatre
quatre et quatre huit
huit et huit font seize...
Répétez! dit le maître
Deux et deux quatre
quatre et quatre huit
huit et huit font seize.
Mais voilà l'oiseau-lyre
qui passe dans le ciel
l'enfant le voit
l'enfant l'entend
l'enfant l'appelle:
Sauve-moi
Joue avec moi
oiseau!
Alors l'oiseau descend
et joue avec l'enfant
Deux et deux quatre...
Répétez! dit le maître
et l'enfant joue
l'oiseau joue avec lui...
Quatre et quatre huit
huit et huit font seize
et seize et seize qu'est-ce qu'ils font?
Ils ne font rien seize et seize
et surtout pas trente deux
de toute façon
et ils s'en vont.
Et l'enfant a caché l'oiseau
dans son pupitre
et tous les enfants
entendent sa chanson
et tous les enfants
entendent la musique
et huit et huit à leur tour s'en vont
et quatre et quatre et deux et deux
à leur tour fiche le camp
et un et un ne font ni une ni deux
un à un s'en vont également.
Et l'oiseau-lyre joue
et l'enfant chante
et le professeur crie:
Quand vous aurez fini de faire le pitre!

Mais tous les autres enfants
ecoutent la musique
et les murs de la classe
s'écoulent tranquillement.
Et les vitres redeviennent sable
L'encre redevient eau
Les pupitres redeviennent arbres
La craie redevient falaise
Le porte-plume redevient oiseau

quinta-feira, janeiro 14, 2010

14 de Janeiro

13 de Janeiro

terça-feira, janeiro 12, 2010

Ex-ET

12 de Janeiro


segunda-feira, janeiro 11, 2010

Exposição de Presépios em Abrantes

No fim de semana ainda havia vestígios do Natal, talvez porque o Dia de Reis tenha calhado a meio da semana.
Em Abrantes, houve uma exposição de Presépios, feitos pelos meninos dos diversos grupos de catequese da cidade e, segundo creio, do ATL do Colégio de Nossa Senhora de Fátima.
A proposta era a elaboração, em família, de um presépio, só que nunca pensaram que a adesão seria tão grande. E o que é certo é que chegaram aos cento e setenta e... , o que não deixou de ser uma agradável surpresa. Afinal, ainda há pequenas actividades que se mostram ser de agrado de muita gente.
Deixo aqui alguns dos que fotografei e de que gostei, particularmente, pela sua originalidade, embora estivessem todos de parabéns.


Sendo a cortiça um dos principais produtos da zona, não é de admirar que se façam coisas tão bonitas e originais. Repararam no pormenor das figuras feitas de bolota (ou lande, claro)?

Achei o presépio, feito com as molas da roupa, um mimo... Tão simples e tão bonito!

E as cores deste?

11 de Janeiro


domingo, janeiro 10, 2010

VÍDEO QUE GANHOU PRÉMIO DA OMS - Educação Sexual


video

A amiga Emília, das Comunicadoras e do blog Começar de Novo, deixou este comentário, que eu acho muito bom e que deverá aparecer aqui. Por isso trago-o para a frente, como um "anexo" ao vídeo.

"Interessante este vídeo! Devia passar constantemente nas nossas televisões para que os jovens comecem a entender que sexo é coisa séria e por isso deve ser começado quando se estiver devidamente preparado para isso; tudo tem a sua hora, o seu tempo; deve ser feito com consciência, na idade certa e com a pessoa certa, ou pelo menos com aquela que se juga ser a certa, porque às vezes até nem é. Os jovens de hoje têm muita informação, mas não sabem como usá-la; falta à maioria aquele à vontade com os pais para se informarem; sabem que é preciso usar preservativo, pílula, mas o que devem fazer com isso? A maioria não imagina sequer." Emília, Comunicadoras

10 de Janeiro


sábado, janeiro 09, 2010

9 de Janeiro


Em Espanha, autoridades educativas devolvem autoridade aos professores. E em Portugal, quando é que se faz o mesmo?


"Depois do acordo, abriu-se a página de novas rondas negociais em torno de matérias essenciais para a qualidade da escola pública: logo à cabeça, o estatuto do aluno e a reposição da autoridade do professor. Os sindicatos têm o dever de ser firmes na defesa da celeridade e eficácia no combate à indisciplina, ao bullying e à violência verbal e física nas escolas. Sem autoridade do professor na sala de aula e nos restantes espaços escolares não há forma de garantir a qualidade do ensino. Em Espanha, depois de anos de laxismo, as autoridades educativas estão a criar medidas que restauram a autoridade dos professores. O ME tem de olhar para os bons exemplos."

No ProfBlog está o artigo "Las normas de convivencia se extienden al horario no lectivo", onde este assunto foi tratado ontem, 8 de Janeiro.

sexta-feira, janeiro 08, 2010

8 de Janeiro


Obama vs Brown



Claro que sempre houve diferença, mas aqui é flagrante. A-do-rei!!

quinta-feira, janeiro 07, 2010

7 de Janeiro


Sabe se Lisboa é perto de Lisbon?

Desde muito nova, criança mesmo, que, fazendo férias no Parque de Campismo da Figueira da Foz, o melhor que me podia acontecer era conhecer pessoas estrangeiras, nem que fossem daqueles turistas "de pé descalço", como se diz. Ainda me lembro das sopas que a minha mãe lhes oferecia, por achar que, talvez com razão,

aquela gente passava uma fome muito grande!". Assim, talvez numa antevisão do que seria a minha vida: professora de línguas.

Hoje em dia , os turistas são diferentes. Viajar e conhecer outros lugares, já está ao alcance de todas as bolsas (FELIZMENTE!!!) e há países com agências de viagens que têm promoções incríveis (pena que não seja o caso do nosso...), o que permite que todo o tipo de gente viaje e faça férias por todo o lado, incluindo no nosso Algarve. Não é nada raro encontrar p

Sabe se Lisboa é perto de Lisbon?


Pensar que o Algarve é uma cidade portuguesa, que Lisboa e Lisbon são coi

essoas com pouca educação, que acham que podem exigir tudo, mesmo que seja absurdo.

Por isso, não é de admirar que aconteçam coisas como as que podem ler a seguir, seja em que lugar for.

sas diferentes e que os sinais de trânsito em Portugal não são iguais aos dos outros países, são erros que os turistas fazem quando nos visitam.

E, ainda, há quem pense que há uma vidente em cada esquina ou que pode esconder a mulher num qualquer cantinho português. A recolha destas e outras "perguntas estranhas", um eufemismo para "disparates" dos visitantes, foi feita pelo site de reservas hotel.com, em postos de turismo de várias cidades europeias. E conclui que, "quando somos turistas, não temos medo de perguntar nada, como se o espírito das férias nos tornasse imunes à vergonha!"


O que os turistas não tiveram vergonha de perguntar...


ITÁLIA
- Desculpe, a que horas são as corridas de carroças no Coliseu?
- Quando é que os gladiadores começam a lutar no Coliseu?
- Posso dormir nas catacumbas?
- (numa exposição do Museu Egípcio) Esta múmia é uma pessoa morta?
- (num resort montanhoso) Que montanhas lindas! A neve é real ou artificial?
- (num resort montanhoso) Olá, onde é que fica a praia?


PORTUGAL
- Importa-se que eu me esconda aqui até a minha mulher se ir embora?

- Disseram-me que a vidente era aqui...
- As pegadas de dinossauros são verdadeiras?
- Quem foi o homem que fez estas pedras? (referindo-se às grutas)
- É aqui a casa de banho pública?
- (no Algarve) Onde é que fica aquela cidade bonita chamada Algarve?
- (no Algarve, perguntado por uma idosa com bengala) É possível ir a pé até Espanha?
- Sabe se Lisboa é perto de Lisbon?
- Os sinais de trânsito em Portugal são iguais aos de Inglaterra?


REINO UNIDO
- Pode dizer-me por onde passa a "Tour Mistério"?
- Onde é que encontramos casas com chapéus de palha?


PAÍSES BAIXOS
- Onde é que encontro esta vila de vacas? (apontando para uma foto de uma vaca n
um mapa)
- Onde é que posso ir para ver a maratona de patinagem no gelo? (durante o
Verão)
- Onde é que posso encontrar o centro histórico de Roterdão? (perguntado por alemães, sendo que o Exército Alemão destruiu a cidade durante a II Guerra Mundial)
- Onde é que encontro um soutien, tamanho de copa G?

- Qual é a razão para tantas caixas de pássaros à beira da estrada? (referindo-se às caixas de correio)


IRLANDA
- Onde é a floresta de duendes?
- Não acredito que vocês também têm telemóveis cá!

- Porque é que não aceitam dólares?
- Todas as pessoas falam inglês neste Posto de Turismo?


FRANÇA
- Qual é a diferença entre Paris e o resto da França?

- Os barcos do Sena mexem-se mesmo ou ficam só atracados?
- Onde é que encontro a senhora com o sorriso? (referindo-se à Mona Lisa)
- Os esgotos de Paris são debaixo de terra?
- O Hotel Gay Lussac é só para homossexuais?


ESPANHA
- A que horas fecha a Puerta del Sol?
- Onde é a praia? (em Madrid)


SUÉCIA
- Podemos levar o nosso porquinho-da-índia de férias para a Suécia?
- Até que distância de Estocolmo é que temos que viajar para ver ursos, alces e lobos na floresta? Há autocarros para lá?


(in, EMAIL)